Está a Ler
Manchas escuras na pele podem alertar diabetes

Manchas escuras na pele podem alertar diabetes

Redação
  • Não é falta de higiene! As manchas escuras geralmente aparecem principalmente em pregas e dobras do corpo, tais como o pescoço, axilas, juntas.

Mais frequentemente, é comum ver crianças, adolescentes e adultos com manchas escuras pronunciadas no pescoço acompanhadas de pequenas verrugas, algo que às vezes é confundido com sujidade; no entanto, são as temidas acanthosis nigricans.

Segundo o Dr. Miguel Antero, a acantose (excesso de queratina) está localizada principalmente nas áreas flexíveis e nas dobras do corpo, como pescoço, axilas, articulações e em casos extremos, na mucosa oral, lábios, palmas, solas  – os pés ou outras áreas.

A detecção de acanthosis nigricans ganhou importância nos últimos anos, pois embora seja um problema que gera apenas desconforto estético para quem sofre, a sua origem está ligada a distúrbios internos responsáveis ​​pela obesidade e doenças circulatórias, que em estágios avançados podem causar bloqueio ou ruptura de artérias, o que traduz em infartos do coração e do cérebro.

Distúrbios internos e resistência à insulina // Esta imagem é meramente ilustrativa.

O endocrinologista indicou que a acantose deve-se à resistência à insulina, que é o primeiro passo antes da diabetes, mas se for diagnosticada a tempo, pode ser evitada.

Ele explicou que aqueles que apresentam esses sintomas precisam mudar o seu estilo de vida, ou seja, evitar bebidas açucaradas, até sumos naturais, pois costumam ter pouca fibra e também porque a fruta é melhor comê-la na sua apresentação natural.

Além disso, o especialista disse que o exercício ajuda a insulina a funcionar melhor nos tecidos musculares, mas também sugeriu caminhadas curtas  de 15 a 20 minutos, pois tornarão o corpo mais sensível à insulina.

Procure um médico

Assim, é sempre importante consultar um profissional antes de diagnosticar qualquer outra mancha que venha a surgir na sua pele. No caso de diabetes, o correto é procurar um endocrinologista.

© AS TAGARELAS | Todos os direitos reservados. 

IR PARA CIMA