Está a Ler
Como escolher um bom companheiro de viagem

Como escolher um bom companheiro de viagem

Avatar

Fazer uma viagem, especialmente na primeira vez, normalmente levanta uma grande questão: sozinho ou acompanhado? Se você decidir ir com alguém, é importante que essa pessoa seja um bom companheiro de viagem e compartilhe de certos aspectos com você, para se entenderem bem ao longo de todo o roteiro. Uma pessoa pode ser o seu melhor amigo, mas um péssimo parceiro de viagem.

Você quer saber quem levar com você? Veja a seguir 5 considerações que devem ser ponderadas antes de eleger o seu parceiro:

  1. Compartilhe dos mesmos gostos: Se você é um amante de trekking (percursos a pé) e seu parceiro gosta somente de passeios de carro, acho que você está com problemas. Se assim for, vocês terão que separar alguns dias para fazer aquilo que é da preferência de somente um, ou terão que se separar com frequência para fazer sozinhos que cada um mais gosta, ou ainda, você se verá obrigado a fazer o que não gosta todos os dias.
  2. Vocês não precisam ser inseparáveis: Se de repente, um dia você sentir vontade de relaxar e seu parceiro quiser andar e sair, ele não deve sentir-se abandonado ou culpado por isso. Respeitar a própria vida e a dos outros, é tão importante quanto saber compartilhar. Devemos respeitar os tempos de solidão.
  3. Conversar: Estar com alguém que não gosta de conversar, lhe responde mal, ou não lhe diz o que está realmente sentindo, pode trazer situações infelizes, confusões e ressentimentos mais tarde. Melhor é estar com alguém que diz o sente e o que pensa. Sem falar que, é sempre bom estar com alguém que você possa compartilhar seus sentimentos e emoções, mesmo os mais profundos.
  4. Dinheiro disponível para a viagem: Se você for econômico viajando, e seu parceiro quiser frequentemente ir a lugares caros, haverá situações desconfortáveis desde o primeiro momento. Embora seja um tema que uma pessoa não queira muito abordar, é importante falar antes mesmo de partir, para saber que ambos lidam com o mesmo orçamento ou buscarão as mesmas opções (acomodação, alimentação e transporte).
  5. Respeito e tolerância: Mesmo que às vezes não seja levado em consideração, viajando com alguém que constantemente está criticando as pessoas, o sistema, a cultura, os serviços (ou a falta) ou até mesmo os costumes do lugar que estão conhecendo, pode tornar-se insuportável. Mente aberta, antes de qualquer coisa.

E se você ainda tem dúvidas se esta parceria de viagem vai funcionar… Faça uma prova! Vá em uma mini viagem de um fim de semana.  Depois disso, você terá uma prova de como pode ser uma viagem mais longa.

© 2014-2019 AS TAGARELAS Lda. | Todos os direitos reservados. 

IR PARA CIMA