Está a Ler
Aspectos relevantes para ser aprovado em entrevista de emprego

Aspectos relevantes para ser aprovado em entrevista de emprego

Cláudia Mourão

Formações acadêmicas, especializações, cursos diversos (línguas, informática, marketing), entre outras habilitações são fundamentais para a aptidão profissional e balizadores em processos seletivos de empresas. Contudo, para além das capacidades intelectuais e técnicas, instituições da rede privada ou Administração Pública visam de forma cada vez mais sólida contratar pessoas que evidenciem, nas análises de perfil sóciocomportamentais e exames psicológicos, competências para relações interpessoais no ambiente de trabalho.

Visando, sobretudo, resultados favoráveis e sucesso absoluto nas atividades laborais, recrutadores apontam a comunicação aproximativa, como um dos aspectos mais relevantes na decisão de seleção entre um candidato e outro, com aspectos curriculares semelhantes. Tal conceito, muito utilizado nos cursos de Relações Públicas, tem como cerne as relações pessoais diretas, isto é, vislumbra as habilidades de comunicação e a forma do indivíduo se relacionar em equipe.

Nesse sentido, a capacidade preeminente de se relacionar, ou no termo mais conhecido, as relações interpessoais são, sem dúvida, o contrapeso decisivo na hora da admissão do concorrente à vaga. Logo, o conhecimento aliado à busca pelo desenvolvimento da inteligência emocional consubstanciará no fortalecimento e melhor preparo de alguém que almeje ser aprovado.

Aspectos relevantes para ser aprovado em entrevista de emprego

Em entrevistas, por exemplo, os profissionais psicólogos e assistentes sociais, entre outros criteriosos, sincronizam tons de voz, expressões faciais e linguagem corporal ao modo de pensar do avaliado.

Veja Também

Portanto, a primeira dica é, sempre ser coerente, responder as perguntas de forma objetiva e transparente. O bom humor é outro ponto positivo, pois se observará como o candidato lida com o caos, frustrações, incertezas e imprevistos (se ele se martiriza ou se procura soluções). Uma outra qualidade esperada é a valorização de outros profissionais, da família, de amigos, de colegas que contribuíram para a sua formação. Pessoas que se consideram autossuficientes são consideradas despreparadas emocionalmente, por recusarem o auxílio de outras pessoas na execução de tarefas.

Para concluir, sem dúvida, os mais sobressaídos candidatos são os que compartilham conhecimento de forma prazerosa ou sem demonstrar estresse ou desinteresse em trabalhar em conjunto.

© 2014-2019 AS TAGARELAS Lda. | Todos os direitos reservados. 

IR PARA CIMA